top of page

Mais um RECORDE na ECONOMIA CIRCULAR!


A sede do Tampinha Legal em Porto Alegre viveu mais um dia marcante nesta última quinta-feira (20). A poucos meses de completar 7 anos e após receber mais de 4 toneladas de tampas plásticas em um único dia, o programa atingiu a marca de R$3 milhões de reais, recursos financeiros que já foram destinados integralmente para mais de 330 entidades assistenciais do terceiro setor. O Tampinha Legal, que atualmente é o maior programa da América Latina, vem apresentando números acima da média, principalmente em 2023, onde as arrecadações no Rio Grande do Sul já ultrapassaram os números do ano passado.

De acordo com Simara Souza, Gerente do Instituto SustenPlást, o sucesso do programa está diretamente ligado ao objetivo principal, que é promover conhecimento sobre a indústria de transformação do plástico. “Os expressivos números alcançados são resultado da mudança de comportamento de massa proposta pelo Tampinha Legal. Os resultados impressionantes são uma maneira mensurável de comunicação onde a sociedade devolve em forma de atitude o que compreende: plástico é uma material valioso e que precisa ser destinado adequadamente a fim de gerar riqueza.”, destacou.

O Tampinha Legal atende aos quesitos de ESG, Logística Reversa e ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). Com os recursos obtidos através do programa, as entidades assistenciais podem adquirir medicamentos, alimentos, equipamentos, ração animal e/ou materiais escolares, bem como custear tratamentos e exames de saúde humana e animal, melhorias em suas sedes, entre outras ações. O programa conta com 3.257 pontos de coleta, distribuídos pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal e Bahia.

Comments


bottom of page