top of page

Snacks para cães a base de proteína de insetos da Thera contam com embalagens sustentáveis


Nunca se falou tanto em atitudes sustentáveis, em ESG (Environmental, social, and corporate governance, ou seja, a governança ambiental, social e corporativa), e o quanto a contribuição de todos é importante para minimizar impactos no meio ambiente a fim de se construir um mundo mais justo e responsável. No entanto, as pessoas acabam se esquecendo de que o cuidado não se limita apenas a elas, como também aos seus pets. Sim, eles também exigem ações sustentáveis e que interferem na vida de todos.

Pensando nisso, a Thera, que comercializa alimentos saudáveis e sustentáveis para pets, acaba de lançar seu snack com fitoterápicos e blend de proteínas limpas, rico em aminoácidos, óleos e minerais, que melhora a digestão e fortalece a microbiota intestinal do pet. A inovação em questão é a utilização da proteína de insetos em sua composição, já que, além de ser um alimento nutritivo e saudável, tem um impacto muito menor no meio ambiente. “Quando comparamos a produção de proteína de insetos à de proteína animal convencional, os ganhos ambientais são robustos, já que sua produção consome dezenas de vezes menos área, água e alimentos, emitindo apenas uma fração de CO2 que seria emitida por fontes convencionais de proteína.”, explica o cofundador da empresa, Fabrizzio Forlani.

De acordo com o diretor executivo da Camargo Embalagens, Felipe Toledo, o Stand-Up Pouch Sustentável consiste em um laminado de Filme Plástico PCR (feito com 30% de resina pós-consumo de garrafas recicladas), com Filme Plástico Verde (feito com 51% de resina de cana-de-açúcar). “Esta estrutura alia características importantes no quesito sustentabilidade: Economia Circular, onde resíduos viram insumos para novos materiais; e Redução de Impacto Ambiental: utilizando materiais produzidos com fontes renováveis. Unindo estas soluções, temos uma embalagem final muito mais amigável ao meio ambiente, causando menos impacto até chegar ao consumidor final”, diz.

Commentaires


bottom of page