top of page

Setor de latas de alumínio retoma crescimento


A Associação Brasileira de Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas), entidade que representa o setor de latas de alumínio para bebidas no Brasil, apresentou os dados de 2023, com um resultado de vendas 1,65% maior do que 2022, consolidando um ano de retomada de crescimento do segmento. No total, foram comercializadas 32,3 bilhões de latas no país em 2023 e o setor segue confiante de que a tendência de crescimento se manterá em 2024.

“Após dois anos de ajustes, este crescimento anima o nosso setor, pois indica a continuidade da expansão do consumo da lata de alumínio no Brasil. Se analisarmos os últimos dez anos, veremos uma média de 4,5% de crescimento”, afirma Cátilo Cândido, presidente executivo da Abralatas. O executivo explica que no ano passado observamos um verão muito quente, favorecendo o consumo de bebidas em lata. “Outro fator a considerar foi o preço do alumínio que, mesmo ainda muito elevado, já apresentou patamares melhores que no ano anterior. Retomamos nosso crescimento à medida em que o país retomou seus índices positivos. Nosso mercado é altamente resiliente, eficiente e competitivo e vem contribuindo de forma inequívoca para o crescimento do país na última década”.

Outro dado apresentado se refere à sustentabilidade. Nos últimos 15 anos, foram recicladas mais de 95% das latas de alumínio no Brasil, confirmando o país como um dos maiores recicladores de latinhas do mundo e fazendo do segmento um exemplo de economia circular. 

コメント


bottom of page