top of page

Natura é uma das lideranças mundiais no combate a mudanças climáticas, segundo CDP


Os avanços da Natura na gestão de riscos climáticos e emissões dos gases de efeito estufa foram reconhecidos em dois levantamentos divulgados pelo CDP (anteriormente, conhecida como Carbon Disclosure Project), uma das mais respeitadas organizações internacionais que atua há 22 anos na compilação e análise de dados relacionados à mitigação das mudanças climáticas. A Natura conquistou de forma inédita a pontuação A-, na categoria Mudanças Climáticas do ranking, divulgado pela instituição global. As companhias que formam parte do grupo de liderança A/A- são consideradas líderes, atuando como exemplos de melhores práticas para o mercado, e ajudando a impulsionar a transição para uma economia sustentável. A Natura também foi destaque no Índice de Engajamento com Fornecedores (Supplier Engagement Rating), mantendo seu reconhecimento de liderança em uma seleta lista de empresas que engajam a cadeia produtiva com as melhores práticas em favor da redução das emissões de carbono de forma a garantir o alinhamento da empresa junto ao compromisso com o Science Based Target Initiative (SBTi).

“Atualmente, mais de 95% das emissões da empresa são referentes à cadeia de valor [escopo 3] e esse reconhecimento demonstra, mais uma vez, como a Natura atua em parceria com seus fornecedores para mitigar as emissões de seus produtos, buscando promover a transição de sua cadeia de valor para uma economia de baixo carbono”, afirma Fernanda Facchini, gerente de Sustentabilidade da Natura.

O Programa gera ainda um retorno social de R$32 para cada R$1 investido nos projetos de créditos de carbono, de acordo com o Integrated Profit and Loss (IP&L), ferramenta de mensuração de impacto do negócio para a sociedade que considera os capitais humano, ambiental e social.

Kommentare


bottom of page