top of page

Máquinas mais resistentes evitam contaminações no processamento de alimentos e bebidas

A população mundial deve chegar a 9,8 bilhões de pessoas em 2050, segundo projeções da ONU. E um dos maiores desafios da humanidade será garantir alimentos para todos. Essa demanda crescente tem pressionado a indústria alimentícia a elevar constantemente a produtividade, sem deixar de lado os cuidados sanitários. Isso aumenta a necessidade de equipamentos mais eficientes e mais seguros.

Entre as inovações para aprimorar a segurança sanitária na indústria alimentícia estão sistemas de rolamentos e transmissão de potência com materiais especiais, como polímeros e aço inoxidável, que resistem a temperaturas extremas e a lavagens frequentes, sem o risco de oxidação e contaminação dos alimentos e bebidas.

A Timken ingressou neste mercado em 2016, ao adquirir a EDT Corp., uma fabricante de rolamentos de polímero e de esferas de aço inoxidável para o processamento de alimentos e bebidas. Os rolamentos especiais também são adotados em aplicações mais difíceis, como o processamento de aves. “Uma única instalação pode processar até 45 mil kg por dia. Processadores de aves escolhem nossas soluções devido ao tempo de operação e à capacidade de nossos produtos de resistir às suas práticas de lavagem completa.

Outra preocupação da indústria de alimentos é a necessidade de higienização constante dos equipamentos. Os sistemas de polímeros e aço inoxidável da Timken contribuem de duas formas com esses esforços: sendo fáceis de limpar e reduzindo a possibilidade de corrosão nas máquinas e de contaminação dos alimentos pela ferrugem.

O sistema de transmissão Drives® Chain by Timken, usado em máquinas de embalagem de película plástica e na fabricação de sorvete, não utiliza lubrificantes e conta com revestimentos especialmente formulados para resistir à corrosão. E até os menores detalhes são considerados: os pinos que conectam cada elo de corrente são endurecidos superficialmente com cromo para diminuir o desgaste, o que melhora o tempo de operação e reduz ainda mais o risco de corrosão.

Comments


bottom of page