top of page

Expoplast 2022 destaca inovações brasileiras

Atualizado: 18 de ago. de 2022

A Expoplast 2022, feira internacional da indústria do plástico, ocorre entre 24 e 27 de agosto no Peru. O evento é uma porta de entrada para a indústria do plástico e setores similares do país, que hoje apresenta uma das economias de maior evolução na América Latina. A feira acontece há mais de 18 anos, e atualmente é um dos pontos de encontro mais importantes da indústria plástica do Pacífico Sul e da América Latina.

A estimativa de público para este evento é de 20 mil visitantes, em uma área total de 35 mil metros quadrados. Além disso, cerca de 300 expositores, tanto do Peru quanto do exterior estarão presentes. Por meio do Programa Brazil Machinery Solutions (BMS), fruto da parceria entre ApexBrasil e ABIMAQ, nove empresas foram selecionadas para participar da feira.

O Peru foi um dos principais compradores de máquinas e equipamentos brasileiros para o setor plástico e gráfico em 2021. O país movimentou um total de US$7,6 milhões ao longo do ano. Já no primeiro semestre de 2022, o Peru importou US$4,5 milhões em maquinários brasileiros, um aumento de 46,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os Estados Unidos também estão entre os maiores importadores do setor. Em 2021, os norte-americanos foram os principais compradores de maquinários do Brasil, importando um total de US$15 milhões. No primeiro semestre de 2022, as importações chegaram a US$8,8 milhões - aumento de 65,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A Argentina é o segundo maior destino de máquinas e equipamentos brasileiros para o setor plástico e gráfico. O país teve participação de 15% em 2021, com US$14,1 milhões. O Reino Unido e o Chile também estão entre os destaques na negociação de maquinários brasileiros para o setor, sendo que os europeus movimentaram US$7,3 milhões, enquanto os chilenos importaram US$6,4 milhões.

Neste ano, o México tem se destacado dentro do setor. O país, que em 2021 totalizou US$4,5 milhões em importações do Brasil, atingiu US$4,9 milhões em compras de maquinários somente no primeiro semestre de 2022. Na comparação com os seis primeiros meses do ano passado, o incremento foi de 187%.

Comentários


bottom of page