Eliminando os gargalos na cadeia de suprimentos do conteúdo de plástico reciclado


Proprietários de marcas (Brand Owners) e recicladores de embalagens na indústria de plásticos estão enfrentando grandes desafios na disponibilidade de conteúdo reciclado. Para superar esse desafio e cumprir metas ambiciosas de reciclagem, recicladores e plantas de triagem de materiais (MRFs) estão usando tecnologias avançadas para produzir matéria-prima para aplicações de alta qualidade, expandindo suas oportunidades de negócios

À medida que a legislação continua a pressionar pela redução dos resíduos plásticos, a demanda por plásticos reciclados de alta qualidade está em recorde. Os plásticos são duráveis, eficientes e convenientes, o que os torna extremamente benéficos para consumidores e empresas. Tornar os produtos e embalagens de plástico mais sustentáveis ​​é o desafio do nosso tempo. À medida que os brand owners procuram aumentar a participação de conteúdo reciclado para reduzir suas emissões de produção e atender às demandas dos consumidores, eles enfrentam um novo conjunto de desafios. Aplicações de alto nível, como automotiva e de embalagens food grade, exigem processos de reciclagem de alta qualidade e tecnologias avançadas de classificação para obter efetivamente matéria-prima de resíduos plásticos pós-consumo e pós-industriais.

Em 2020, a produção mundial de plástico foi de 367 milhões de toneladas. A Europa produziu 55 t de plástico, com 70% da demanda total do mercado proveniente dos maiores países, utilizando 40,5% do material para produção de embalagens. Na busca de criar uma economia circular para os plásticos, a participação de material virgem na fabricação deve ser reduzida e substituída por matérias-primas secundárias. isso, no entanto, é fácil de dizer, mas difícil Nde fazer.

Aumentar o uso de conteúdo reciclado exige que toda a indústria tome medidas, projete embalagens recicláveis ​​e melhore o fornecimento de reciclados de qualidade com instrumentos novos e existentes. A aplicação da abordagem Holistic Resource Systems à gestão de resíduos combina sistemas de devolução de depósitos (DRS), coletas separadas para fluxos de materiais selecionados e classificação de resíduos mistos para recuperar plásticos para reciclagem mecânica avançada.

Além dos fluxos de coleta dedicados, a adição de triagem de resíduos mistos também está provando fornecer plástico de alta qualidade para reciclagem. Um estudo de caso com a AVR, uma usina de triagem de resíduos na Holanda, demonstrou que a triagem de resíduos mistos com tecnologias de alto desempenho pode capturar 12 vezes mais plásticos para reciclagem, reduzindo as emissões de CO2.

Hoje, os recicladores e operadores de usinas de triagem enfrentam a tarefa de limpar os resíduos contaminados a um nível adequado para processamento posterior ou comércio local. Ao mesmo tempo, proprietários de marcas e recicladores que compram PCR exigem frações mono de alta pureza, classificadas por tipo de polímero e cores. Ao adotar a nova tecnologia de classificação baseada em sensores, os operadores da planta podem efetivamente classificar e purificar plásticos de alto valor dos fluxos de resíduos para fornecer frações de PET ou PO ao mercado. Para criar produtos mais valiosos, é necessária uma combinação de soluções de pré-triagem e classificação de flocos.

17 visualizações0 comentário