top of page

Dow acelera metas de sustentabilidade com resina de plástico reciclado pós-consumo na América Latina


Como parte dos esforços para aumentar a reciclagem na América Latina e reduzir os resíduos, a Dow – por meio de sua família de resinas REVOLOOP™, feitas com plástico reciclado pós-consumo – contribui para as metas de avanço da sustentabilidade e circularidade da região.

O plástico, como outros materiais, ocupa um lugar vital na economia. Quando produzido e aplicado de forma correta, oferece vantagens como maior durabilidade e resistência, conservação de alimentos, segurança, reciclabilidade, entre outras. Por isso, a empresa de ciência dos materiais está constantemente inovando na produção de novos produtos que permitam reduzir e otimizar o plástico, em embalagens desenhadas para reciclabilidade e em projetos que incentivem a coleta, reciclagem e devolução dessa valiosa matéria-prima novamente ao ciclo.

“Sabemos que 17 milhões de toneladas de resíduos plásticos são gerados anualmente na América Latina, o que representa 7% do total do mundo. Isso não só mostra o tamanho do desafio que enfrentamos na região, mas também o tamanho da oportunidade. É por isso que, na Dow, investimos em melhorar as taxas de reciclagem por meio de parcerias com empresas e comunidades. Além disso, apoiamos clientes e proprietários de marcas em suas jornadas para incorporar plástico reciclado pós-consumo em suas embalagens, projetando embalagens que podem ser recicladas mecanicamente para, juntos, alcançarmos nossas metas de sustentabilidade” comenta Carolina Mantilla, diretora de Sustentabilidade da Dow para a América Latina.

Esse processo promove uma economia circular, alimentando um ciclo positivo, que inclui trabalhar com fluxos de resíduos e comunidades para aumentar as taxas de reciclagem, projetando embalagens junto aos conversores e proprietários de marcas que podem não apenas ser recicláveis, mas incluem mais conteúdo reciclado. Além disso, a Dow ajuda a tornar esses designs uma realidade nas gôndolas para que os consumidores possam comprá-los e descartá-los adequadamente após o consumo, reiniciando o ciclo.

Um dos nossos recentes cases de sucesso da REVOLOOP™ no Brasil é a linha de óleos de cozinha Liza, de propriedade da Cargill, que passou a utilizar filmes plásticos feitos com a resina PCR REVOLOOP™. Os filmes são produzidos pela empresa de embalagens Lord e faz parte de sua linha de filmes sustentáveis Ecofilm.

“O filme utilizado nessas embalagens, além do impacto ambiental, também tem um impacto social importante, já que contribui no fortalecimento e formalização do trabalho realizado pelos catadores que tiram dessa atividade o sustento de suas famílias” acrescenta Carolina.

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page