Braskem cria Centro de Desenvolvimento de Embalagens para Economia Circular


A Braskem, anuncia a construção de seu primeiro Centro de Desenvolvimento de Embalagens para Economia Circular (Cazoolo), que irá operar a partir de agosto.

Trata-se de um hub de inovação, onde serão estabelecidas parcerias com clientes, brand owners, designers, startups e universidades para criação de soluções mais sustentáveis por meio de melhorias em toda a jornada de embalagens, desde a sua concepção até o pós-consumo, visando a completa circularidade e o menor impacto ambiental. O Cazoolo ficará no STATE, centro de economia criativa, tecnologia e inovação localizado na Vila Leopoldina, Zona Oeste da capital paulista.

Empresas de diversos portes e setores da economia poderão colaborar em projetos no Cazoolo, apresentando desafios que visam o cumprimento de compromissos com a circularidade de suas embalagens. A partir disso, o próprio ecossistema buscará as soluções, em um processo que valoriza a cocriação pelo desenvolvimento sustentável. O hub também dará apoio a clientes da Braskem que estão desenvolvendo novas aplicações de embalagem e que tenham uma visão direcionada à economia circular.

Os projetos desenvolvidos no espaço terão como base conceitos de Design for Environment (DfE) e Análise de Ciclo de Vida (ACV) para criação de embalagens inovadoras e sustentáveis. Equipado com tecnologias de ponta para prototipagem rápida, o Cazoolo estará aberto à toda cadeia de embalagens plásticas, buscando acelerar o avanço da economia circular.

Recentemente, a empresa anunciou um aporte de R$ 130 milhões em três projetos voltados à causa, sendo o Cazoolo um deles. Os outros são a inauguração de uma planta de reciclagem mecânica em Indaiatuba, que iniciou as operações em março, e um acordo para a construção da primeira planta de reciclagem avançada no Brasil, prevista para o próximo ano – ambos projetos em parceria com a Valoren, empresa desenvolvedora de tecnologia e gestora de resíduos para transformação em produtos reciclados.

20 visualizações0 comentário