top of page

A indústria de carnes e a importância dos processos de higienização: como podemos contribuir


A indústria de carnes é um setor importante tanto para a economia brasileira quanto para a cenário global. O Brasil é líder na produção de carne bovina, suína e de frango, com números impressionantes. Em 2021, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, o país produziu mais de 10 milhões de toneladas de carne bovina, 14 milhões de toneladas de carne de frango e continuou a expandir sua presença no mercado global.

A demanda global por proteína animal também permanece em constante crescimento, o que impulsiona a importância contínua desse setor. As estatísticas de mercado ilustram vividamente o impacto e a relevância econômica e nutricional da indústria de carnes. Entre os seus numerosos processos, é possível destacar a higienização, um dos mais importantes, pois garante a integridade do produto e a segurança do consumidor.

Essa é uma etapa fundamental para a indústria de carnes, devido à sua sensibilidade à contaminação microbiológica. A implementação de práticas de higiene adequadas não apenas protege os consumidores contra DTAs (Doenças Transmitidas por Alimentos), mas também preserva a integridade da indústria e fortalece a confiança do público consumidor, além de reduzir desperdícios. Por isso, a higienização é um requisito inquestionável para as empresas envolvidas na produção de carne, com benefícios tanto econômicos quanto em termos de saúde pública.

Para isso, são utilizados produtos químicos como os detergentes alcalinos, usados para a remoção de sujeira, gordura e proteínas de equipamentos e superfícies; desinfetantes como quaternários de amônio, hipoclorito de sódio e ácido peracético, que eliminam microorganismos patogênicos.

Também são usados nesse processo o ácido peracético, um desinfetante eficaz contra uma ampla gama de microorganismos; o peróxido de hidrogênio, que além de desinfetante é também um agente branqueador; o ácido cítrico, utilizado na remoção dos depósitos de minerais e escala e os solventes orgânicos, usados para a remoção de resíduos de graxa e óleo em situações específicas, além do sabão neutro para a limpeza. Existem ainda as operações com vapor e gases inertes que garantem a esterilidade do produto quando entregue ao cliente final.

Comments


bottom of page