VLI e LD Celulose firmam nova parceria para movimentação de celulose destinada à exportação


A VLI, companhia de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, e a LD Celulose S.A., firmaram contrato para o transporte de celulose solúvel a partir da fábrica que será instalada no município de Indianópolis, em Minas Gerais. O acordo prevê a movimentação de 500 mil toneladas ao ano com destino ao Porto de Barra do Riacho, no Espírito Santo, administrado pela Portocel. O novo fluxo será possível a partir do início da produção na nova planta, previsto para o primeiro semestre de 2022, e será realizado por meio da malha da Ferrovia Centro-Atlântica. O contrato é de longo prazo – 30 anos – e viabilizará investimentos em pátios ferroviários, terminais de origem e destino, aquisição de novas locomotivas e o desenvolvimento de uma frota de vagões especificamente para esta operação.

Cada uma das composições responsáveis por atender ao novo fluxo será formada por três locomotivas e 68 vagões (1.300 metros de extensão) e poderá transportar cerca de 4,5 mil toneladas, o equivalente ao volume movimentado por cerca de 100 caminhões – o que garante também caráter sustentável à operação, em virtude do menor volume de emissões do transporte sobre trilhos, se comparado ao rodoviário. A totalidade da carga será transportada por intermédio do modal ferroviário, criando um fluxo logístico com aproximadamente 1,4 mil km, interligando, de forma direta, a produção na fábrica até o terminal portuário.