Suzano apresenta evolução de compromissos ambientais e sociais


A Suzano, alcançou no último ano avanços significativos nos seus “Compromissos para renovar a vida”, um conjunto de 15 metas de longo prazo estabelecidas pela empresa. Entre outros destaques ao longo de 2021, nas frentes ambiental e social, estão o total de remoções líquidas de 9 milhões de toneladas de CO₂e da atmosfera, e a retirada de mais de 9 mil pessoas da linha da pobreza.

A companhia entende que atuar no combate às mudanças climáticas é um papel de todos e todas, e a operação integrada do seu negócio – que une suas florestas às Unidades Industriais – a coloca como agente transformador no avanço dessa agenda. Entre 2020 e 2021, a Suzano alcançou um acumulado de balanço – soma de todas as emissões e remoções –, de aproximadamente 25 milhões de toneladas de CO₂e removidos da atmosfera, representando um atingimento de 60% da meta de remover 40 milhões de toneladas de CO₂e da atmosfera, até 2025.

Em linha com o compromisso de ter a Suzano como parte da solução para a emergência climática, em 2021 a companhia aderiu ao Science Based Target Initiative (SBTi), iniciativa que busca impulsionar ações climáticas ambiciosas no setor privado, permitindo que as organizações estabeleçam metas de redução de emissões com base científica. A adesão ao SBTi reforça o compromisso da companhia em assumir uma posição relevante nas discussões mundiais sobre os efeitos causadores das mudanças climáticas, uma questão geracional que exige atuação imediata e relevante por parte da liderança mundial e da população global.

Influenciar a sociedade por meio de iniciativas que gerem impactos sociais e ambientais positivos também é um movimento constante na Suzano, que está presente em mais de 200 municípios brasileiros. De acordo com o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, em 2021 foram registradas 36.1 milhões de pessoas vivendo em situação de pobreza nos estados do Maranhão, Bahia, Pará, Tocantins, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo – todas regiões de atuação da Suzano. No último ano, mesmo com o aumento da pobreza, a insegurança alimentar, somados aos desafios trazidos pela pandemia, a Suzano seguiu ampliando suas ações de geração de trabalho, renda e impacto social, beneficiando mais de 21 mil pessoas e alcançando um avanço de 5,7 % em relação ao objetivo do compromisso público de retirar 200 mil pessoas da linha de pobreza, até 2030.

25 visualizações0 comentário