Rede de pastelaria cresce na pandemia e aposta na consolidação do varejo


Para o Bangalô dos Pastéis, o desafio em 2021 é aprimorar a linha de varejo, lançada com o objetivo de driblar a pandemia.

“As franquias respondem por apenas 40% da nossa capacidade industrial. O propósito foi aproveitar melhor a estrutura existente. Hoje, 1.250 pastéis são produzidos diariamente apenas para a linha de varejo”, explica o Chief Financial Officer (CFO), Bráulio Augusto Pedrotti.

A diferença é que tivemos de adaptar as embalagens que seriam destinadas ao varejo, com material de qualidade e que atendesse a expectativa de todos os envolvidos no processo, desde o supermercado até o consumidor final.

Inicialmente, a embalagem da linha de massas, congelados e condimentos do Bangalô dos Pastéis era plastificada, o que acarretava em problemas pontuais de estoque. “O prejuízo chegou a atingir 5% da produção total”, aponta Pedrotti. Depois de muita pesquisa, a rede encontrou uma nova embalagem mais moderna e apropriada para a logística de transporte e estocagem.

4 visualizações0 comentário