Por que a população deve consumir produtos certificados e orgânicos?


Já houve um tempo em que consumidores não davam a devida importância para o plantio e colheita dos insumos que geram os produtos finais que compram. Mas, como tudo evolui, a procura por produtos mais saudáveis e com certificados de procedência faz da agricultura orgânica uma opção cada vez maior e viável.

Hoje, os consumidores buscam não apenas produtos orgânicos, mas também por confiabilidade e ética. A prova disso é que, de acordo com a Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis), no primeiro semestre de 2020 a venda de produtos cresceu mais de 40% no Brasil. Além disso, mais da metade dos pesquisados estão preocupados com a qualidade da alimentação (62,1%) e 46,6% afirmam consumir orgânicos todos os dias.

Os números em alta demostram que estamos falando de um mercado que exige necessidades, oportunidades e, principalmente inovação. O que isso quer dizer? Que vários outros aspectos estão sendo valorizados pelos consumidores e a busca por qualidade é fundamental quando nos referimos aos alimentos, em que o controle, o acompanhamento e a padronização nos processos de produção são essenciais. Segundo o relatório Brasil Food Trends 2020, há um forte direcionamento para o consumo de produtos seguros e de qualidade atestada, que transmitem mais confiança ao cliente.