Papirus debate a geração de crédito de reciclagem naConferência Internacional de Resíduos Sólidos


A Papirus, uma das maiores fabricantes de papelcartão do País, participa do CIRSOL -- I Conferência Internacional de Resíduos Sólidos, para apresentar seu projeto inovador de geração de créditos de reciclagem e debater os modelos adequados para a realidade brasileira. O evento gratuito, que será realizado em Recife (PE), entre os dias 16 e 18 de março, também poderá ser acessado de forma virtual.

Dirigido à iniciativa privada, sociedade civil, academia e ao poder público e organismos internacionais, o evento tem como objetivo apresentar soluções e encontrar os melhores caminhos para a condução de políticas adequadas para a gestão dos resíduos.

Na ocasião, o projeto da Papirus - lançado em parceria com a cleantech Pólen - especializada em solução e valoração de resíduos -, e que também participará do encontro, será destaque em duas mesas de debates.

Renato Paquet, fundador e CEO da Pólen, participa, no dia 18, às 9h, do debate ‘Crédito de Reciclagem -- Modelagem adequada para a realidade brasileira’, e destacará o case da Papirus de crédito de reciclagem, bem como explicará quais são as modalidades e aplicabilidades deste modelo.

No mesmo dia, às 14h, Christian Króes, gerente de Produtos e Assistência Técnica da Papirus, fala sobre “Como os créditos de reciclagem podem ampliar o Sistema de Logística Reversa”,explicando o que é o projeto e como ele contribui para o fortalecimento da economia circular e o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNSR), entre outros aspectos.

“Apresentar o nosso projeto de reciclagem garantida em um evento que reunirá importantes players nacionais e internacionais, em torno do debate sobre a gestão dos resíduos sólidos e as soluções que podem mitigar seus impactos ano meio ambiente, é uma excelente oportunidade”, destaca Christian Króes. O projeto da Papirus, destaca Kroes, já começa a impactar o mercado de reciclagem, dando o aval de sustentabilidade que as grandes marcas e os consumidores requerem hoje. “Nossa meta é ajudar a estruturar o mercado de reciclagem e inspirar empresas a adotarem soluções nessa direção”, afirma.

6 visualizações0 comentário