Novo relatório revela como melhorar o rendimento da produção de laticínios


A Watson-Marlow Fluid Technology Group (WMFTG) publicou um novo relatório para o setor de laticínios, com informações operacionais práticas e importantes para os engenheiros responsáveis. O relatório ‘Como melhorar o rendimento da produção de laticínios: Um guia prático’, é uma leitura essencial para qualquer pessoa responsável por obter custos eficientes nesse setor.

Muitos sugerem que o setor de laticínios está em um momento decisivo em função de fatores como crescimento lento, mudança do paladar dos consumidores e aumento da pressão por preços mais baixos. Na verdade, de acordo com a agência de consultoria McKinsey, a Europa Oriental tem o mercado de laticínios mais estagnado de todos os pesquisados, devido a um crescimento mais lento da população e a um aumento do interesse do consumidor em produtos alternativos nesta região.

Como resultado, conseguir um aumento no rendimento produtivo – além da economia de energia, do menor uso de água e de menos perdas de partículas finas – pode causar um impacto real na lucratividade básica em um mercado altamente competitivo. Contudo, como que os produtores de laticínios conseguem obter esses ganhos?

O objetivo desse relatório da WMFTG é fornecer algumas respostas. “Elaborado para ser usado como um 'guia de melhores práticas', o nosso artigo mostra tecnologias que podem realmente fazer a diferença,” explica Renato Monticelli da WMFTG. "E não, não se trata de reconfigurações completas das linhas de processo, mas sim, investimentos simples e modestos que oferecem retornos significativos em um curto período."

10 visualizações0 comentário