NoMoo remodela embalagens com apoio da Papirus, com foco na praticidade e sustentabilidade


Com o objetivo de aprimorar o processo de produção com embalagens que agregassem mais praticidade no envase e ampliassem as ações de sustentabilidade, a NoMoo, foodtech do segmento plant-based especializada na produção de queijos à base de castanha de caju, remodelou o sistema de embalagem de duas linhas de produtos. O projeto foi desenvolvido dentro do programa End user do Vitainspira da Papirus, em parceria com a consultoria SIDE (Sistema Integrado da Diversidade de Embalagens), desde a criação do conceito até a especificação técnica do papelcartão.

Para a linha de queijos muçarela, o desafio foi substituir um modelo de embalagem aberta, que demandava muito tempo de montagem e era laminada, ou seja, contava com uma camada plástica.

A solução, então, foi desenvolver uma embalagem de fundo automático, que pode ser armada com um movimento. As equipes da Papirus e da SIDE enxergaram ainda a oportunidade de reduzir a gramatura do cartão e eliminar o plástico.

Já a embalagem da linha de queijo tipo chévre passou por uma transformação ainda maior com a utilização do Vitafreezer Resin. O copinho plástico que embalava o produto foi substituído por uma embalagem toda feita em cartão, também com fundo automático.

11 visualizações0 comentário