top of page

Nestlé e SENAI vão investir R$ 6 milhões em projetos de inovação para o sistema alimentar


A Nestlé Brasil e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), apoiado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), anunciam, nesta quinta-feira, 7, a abertura do edital “Inovação em Alimentos: Transformando o Futuro do Sistema Alimentar”. O aporte será de R$ 6.25 milhões, sendo R$ 5 milhões da Nestlé e R$ 1.25 milhão do SENAI. O objetivo é impulsionar projetos inovadores para resolver desafios nas frentes de agricultura regenerativa, circularidade e energias renováveis. Com abrangência nacional, 28 Institutos SENAI de Inovação, 59 Institutos SENAI de Tecnologia e o aporte da maior empresa de alimentação do mundo, a Missão Nestlé e SENAI pretende impulsionar alianças formadas por startups, universidades, grandes empresas e agências de fomento governamentais, de modo a criar novas aplicações para as cadeias produtivas estratégicas da companhia.

“A urgência climática elevou nossas ações e nos fez olhar de forma sistêmica, não mais com a ambição de apenas preservar e sim de regenerar o sistema alimentar, que é complexo. Acreditamos que o futuro é colaborativo e, por isso, estamos animados com essa missão inédita de inovação em parceria com o SENAI para evoluir ainda mais o processo de cultivo nas principais cadeias produtivas da companhia, as práticas sustentáveis nas operações e a circularidade”, afirma Barbara Sapunar, Diretora Executiva de Business Transformation da Nestlé Brasil.

Para o diretor geral do SENAI, Gustavo Leal, a parceria representa mais uma iniciativa que mobiliza atores relevantes nos ecossistemas dos Institutos SENAI de Inovação e Tecnologia em torno de uma missão industrial que promove ganhos de alto impacto para a empresa, o país e a sociedade, que serão beneficiados pelos resultados desses projetos. “A Plataforma Inovação para a Indústria, do SENAI, promove inovação sistêmica e colaborativa, pois possibilita a captação de soluções tecnológicas fortalecedoras para mudanças nas cadeias pré-competitivas e industriais do país. Além disso, busca acelerar o desenvolvimento de pautas importantes de inovação diante de demandas tão urgentes em nossa sociedade”, destaca Leal.

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page