Lei que proíbe uso de utensílios de plástico abre caminho para empresas bio como a ERT

Atualizado: Jan 28


Agora é lei. Bares, hotéis e restaurantes de São Paulo não podem mais utilizar copos, pratos, talheres ou quaisquer outros utensílios feitos de plástico descartável. Sancionada em janeiro de 2020, a nova legislação concedeu a estes estabelecimentos o período de um ano para que se adaptassem a uma normativa que entrou em vigor no primeiro dia de 2021.

A lei determina que, a partir de agora, os objetos usados nas refeições sejam feitos de materiais biodegradáveis, compostáveis ou reutilizáveis. Isso se desdobra em um excelente cenário para a Earth Renewable Technologies (ERT), que iniciou sua operação no Brasil no ano passado e é o único produtor local de bio-compostos que atende à nova legislação. Até 2025, a ERT terá capacidade de produção de 60 mil toneladas/ano, para atender a toda a demanda nacional por compostáveis.

Com sede nos Estados Unidos e no Brasil, a ERT tem como missão pioneira no país fazer do plástico biodegradável e compostável uma solução viável para marcas e estabelecimentos .

7 visualizações0 comentário