Com captação de Series B, eureciclo quer transformar a cadeia de reciclagem no Brasil


A eureciclo, acaba de captar mais de R$100 milhões em rodada de investimentos série B liderada pela Ória Capital e contou com participação da Tera, Rise Ventures, Endeavor Scale-Up e Redpoint eventures. O recurso será direcionado para estruturar a cadeia de reciclagem e elevar as taxas do setor no Brasil e América Latina até 2023, incluindo maior esforço nos estados com menor infraestrutura.

Entre os principais objetivos está ampliar a rede de operadores e levar estrutura para o setor, o que vai permitir que haja crescimento na capacidade da cadeia de reciclagem brasileira, por meio da estruturação de cooperativas e mecanização de centrais de triagem, gerando maior impacto socioambiental. A expansão das operações no Chile também estão previstas na utilização do valor captado.

Outra frente que receberá atenção será o desenvolvimento das tecnologias empregadas no serviço de certificação de logística reversa. Atualmente, a solução já aplicada (blockchain) é reconhecida e premiada internacionalmente. Com essa tecnologia, a eureciclo faz o registro de notas fiscais de reciclagem emitidas por aterros sanitários, operadores privados de coleta e cooperativas de catadores e as transforma em títulos negociáveis, que podem ser vendidos às empresas fabricantes que colocam embalagens no mercado . Esses títulos, chamados de créditos de reciclagem, foram validados recentemente pelo Governo Federal no programa Recicla+.

15 visualizações1 comentário