Chocolate importado pode ser opção diferenciada e mais barata nesta Páscoa


A Páscoa está chegando e os brasileiros já puderam perceber que os preços de ovos de chocolate nas prateleiras não estão nada convidativos. Os itens relacionados à Páscoa devem ficar até 40% mais caros neste ano, em comparação com 2021, de acordo com a Associação Paulista de Supermercado (Apas). Se a opção for por um produto internacional comprado em lojas brasileiras, essa alta pode ser ainda pior.

Uma alternativa que pode ter um custo benefício interessante é comprar chocolates importados, por meio de plataformas para compras de produtos do exterior, como a Grabr. A dinâmica é simples: o interessado se cadastra no app da Grabr, cria um link com os produtos desejados e oferece uma recompensa para pessoas que estão indo viajar, para que façam a compra no exterior. O pagamento só é repassado ao viajante após a chegada da encomenda às mãos do destinatário.

“Dessa forma, quem quer presentear na Páscoa tem duas vantagens. Além de adquirir produtos de alta qualidade com um custo bem inferior do que aquele praticado no Brasil, ainda tem acesso a produtos exclusivos dessas grandes marcas internacionais. Com a queda na cotação do dólar, as possibilidades de presentear com itens importados para a Páscoa são bem atrativas”, comenta o head de marketing da Grabr no Brasil, Ivan de Castro.

6 visualizações0 comentário