Braskem arrecada 1,8 tonelada de resíduos para reciclagem no Estado de São Paulo


A Braskem realizou, entre os meses de novembro e dezembro, a segunda edição do projeto Plastitroque no Estado de São Paulo. Com a proposta de incentivar a reutilização e a reciclagem por meio da coleta seletiva, formando um ciclo sustentável por meio da economia circular, a iniciativa recolheu 1,8 tonelada de resíduos e impactou mais de 800 pessoas.

O projeto, que também busca gerar conscientização sobre a importância do descarte correto de materiais plásticos, envolveu uma ONG em Santo André, uma escola de São Paulo e uma comunidade em Cubatão, na baixada santista. Os resíduos coletados nessas instituições de ensino foram trocados por 781 kits, sendo 560 deles compostos por materiais escolares e 261 por itens de alimentação e higiene pessoal.

Para a gerente de Relações Institucionais da Braskem, Sylvia Tabarin, o projeto tem grande importância para a companhia, ao compartilhar conhecimento sobre o funcionamento da cadeia da reciclagem. “O Plastitroque tem, acima de tudo, um propósito educacional, de condicionar e mostrar à sociedade que todos somos responsáveis pela destinação correta dos resíduos plásticos e que isso está diretamente atrelado à preservação do meio ambiente, criando formas de reinserir esses materiais na cadeia produtiva”, afirma. “Também não podemos esquecer de que todo este ciclo da economia circular impacta na geração de renda de milhares de pessoas envolvidas com a coleta seletiva”.

7 visualizações0 comentário