Biossurfactantes são solução sustentável para produtos de limpeza


O alto nível de inovação em pesquisa e desenvolvimento da Evonik, permitiu a criação de um novo portfólio de biossurfactantes “verdes” que atendem aos mais altos padrões em sustentabilidade e funcionalidade.

A Evonik desenvolveu duas plataformas de biossurfactantes à base de glicolipídios, conhecidos como soforolipídeos e ramnolipídeos. Esse portfólio dá à empresa flexibilidade significativa para atender requisitos específicos de uma gama de aplicações de cuidados pessoais, de limpeza doméstica e industrial.

Eles oferecem uma alternativa sustentável aos surfactantes convencionais porque são fabricados por meio de processos naturais de fermentação, a partir de matérias-primas renováveis, como o açúcar e óleo de canola e são 100% biodegradáveis, tendo mínimo impacto sobre organismos aquáticos.

Os biossurfactantes são a primeira classe de surfactante que não são apenas ecologicamente corretos, mas são capazes de fornecer taxas de funcionalidade equivalentes ou até mesmo superiores aos surfactantes tradicionais de origem petroquímica.