Ambev acelera projetos de tecnologia de colaboradores no Vale do Silício, nos Estados Unidos


Próxima parada: Vale do Silício. Como mais um passo para acelerar a digitalização do ecossistema, a Ambev criou o programa ‘Beer Garage Incubator’, que seleciona projetos internos, criados pelos próprios colaboradores, voltados para desafios do setor por meio da tecnologia. Após a análise de mais de 90 projetos submetidos globalmente, 10 times foram selecionados para passar por um processo de desenvolvimento, incubação e aceleração de 11 semanas (cerca de 3 meses) no Vale do Silício, nos Estados Unidos, um dos principais polos de desenvolvimento de startups e inovação do mundo.

O objetivo com essa iniciativa é acelerar projetos que possam resolver as dores de organizações, fortalecer o intraempreendedorismo (empreendedorismo ‘interno’) e desenvolver as pessoas dentro da Ambev. O programa terá fim dia 19 de agosto, quando as dez ideias selecionadas irão apresentar um MVP (Produto Mínimo Viável) para a alta liderança global, revelando o resultado dessa jornada.

O programa também permite a aproximação da Ambev com o ecossistema de inovação, ao conectar empreendedores do Vale do Silício com os times internos e colaborar com a participação em eventos, visitas e palestras em temas que conectam com os respectivos projetos, além de trocas com alunos de universidades de ponta dos Estados Unidos.

Este não é o único programa dedicado a criação de novos negócios da companhia, além da Aceleradora 100+ destinada às startups de sustentabilidade, a Ambev conta também com o projeto ‘Além’, uma plataforma de co-criação de novos negócios. A ideia é que, juntos com outras companhias, seja possível o desenvolvimento de novos produtos, serviços e modelos de negócio para ‘além’ da Ambev.

8 visualizações0 comentário