top of page

A STADLER e a Krones fecham o ciclo da economia circular dos plásticos no Centro de Polímeros de Las Vegas - o primeiro do gênero na América do Norte



Republic Services, líder no setor de serviços ambientais dos EUA, inaugurou a primeira instalação de reciclagem de plásticos verticalmente integrada da América do Norte, produzindo resinas recicladas para uso em embalagens sustentáveis. A Krones, atuando como empreiteira geral no projeto do novo Centro de Polímeros em Las Vegas, trabalhou em conjunto com a STADLER, que foi responsável pela classificação mecânica nas linhas de PET e PO. A nova fábrica produzirá mais de 45 mil toneladas por ano de produtos de resina recuperada que são devolvidos à economia circular.

O novo Polymer Center processa plásticos pré-selecionados coletados pela Republic Services em todo o oeste dos Estados Unidos para recuperar PET, que é convertido em flocos de PET reciclado (rPET) prontos para serem transformados em novas garrafas, e poliolefinas (PO) prontas para uso na produção de novas garrafas, jarros e contêineres.

"O Polymer Center é a primeira instalação desse tipo na América do Norte", diz Pete Keller, vice-presidente de reciclagem e sustentabilidade da Republic Services. "É a primeira vez que uma única empresa dos EUA gerencia todo o fluxo de reciclagem de plásticos, desde a coleta na calçada até a produção de resinas recicladas de alta qualidade prontas para uso em embalagens sustentáveis."

Esse foi um projeto importante para a Republic Services que exigiu planejamento e pesquisa cuidadosos para selecionar os melhores parceiros: "Começamos a pensar no modelo de negócios do Polymer Center em 2019", explica Pete Keller. "Escolhemos a STADLER e a Krones porque achamos que vamos produzir o produto da mais alta qualidade e do mais alto valor no mercado. Estávamos familiarizados com os equipamentos e o pessoal da STADLER e sabíamos que teríamos um projeto sólido. Sempre ouvimos dizer que a linha de lavagem da Krones produzia os flocos de rPET da mais alta qualidade do mercado. Esses sistemas nos dão a capacidade de produzir materiais de grau alimentício e com classificação de cores de uma forma que não estava disponível para o mercado no passado, permitindo maior circularidade do material." 

O Polymer Center em Las Vegas classifica e processa os materiais, que são recebidos em fardos, em duas linhas: uma para PET e outra para plásticos mistos, cada uma com capacidade de 5 t/h. "Essa é a maior fábrica de reciclagem de plásticos de linha dupla dos EUA", comenta Mat Everhart, CEO da Stadler America LLC (uma subsidiária da STADLER Anlagenbau GmbH). Espera-se que ela coloque 45 mil toneladas de plásticos por ano de volta na economia circular, produzindo material reciclado de alta qualidade, de grau alimentício, pronto para uso em embalagens. 

Os materiais alimentados na linha de PET passam por uma separação mecânica e o material isolado é limpo de partículas ferrosas. Um separador balístico STADLER STT2000 classifica o material em frações rígidas (3D), planas (2D) e finas.

As frações passam por uma classificação baseada em sensores com classificadores de infravermelho próximo (NIR). As tampas, os anéis e a fração 2D vão para os compactadores. As frações 3D são direcionadas para um removedor de rótulos STADLER para remover os rótulos. O PET transparente, as tampas e os anéis são direcionados para a linha de lavagem da Krones, que granula e limpa o material, enquanto o PET colorido é compactado em fardos.

コメント


bottom of page